HáDevir

There's a Light that never Goes out'

outubro 24, 2006

 

Porto de Lux

o porto da minha lisboa
são portas e pistas
onde os lábios amados
são encontrados
por velhos amantes
e novos viajantes
sem rumo certo
que viajando ao longe estão perto
voando voando amando

o porto da minha lisboa
são corpos molhados
espíritos suados
cabelos molhados
e corpos expostos
com os espíritos chegados
saltando saltando amando

no porto da minha lisboa
a luz que era nossa
hoje é pista deles

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Archives